29 de fevereiro de 2020

MENINO DE 15 ANOS É EXECUTADO A TIROS NA PORTA DE SUA CASA EM CAMPINAS. A MÃE DELE ESCUTA OS TIROS QUANDO ASSISTIA TELEVISÃO, FICA CARA A CARA COM O ASSASSINO, ENTRA NA FRENTE PARA TENTAR SEGURÁ-LO, MAS É DERRUBADA COM UM EMPURRÃO

Compartilhe

O adolescente sofreu oito perfurações de projéteis de arma de fogo(duas no rosto, uma na nuca, uma no joelho esquerdo, uma nas costas, uma no quadril e duas na lateral do tórax) em frente de sua residência na Rua Nilce Maria Tassi, 96, no Residencial Padre Josino, bairro da região da Vila Padre Anchieta, no Distrito de Nova Aparecida, em Campinas.

Foi por volta das 23h45 de quinta-feira, 16 de janeiro deste ano de 2.020. O rapaz estava sentado na calçada quando foi atingido por tiros.

A mãe dele, que tem 38 anos de idade, disse à Polícia que escutou o barulho dos tiros quando assistia televisão. Por saber que o filho estava em frente de casa saiu correndo e ficou de frente com o autor dos tiros.

Ela afirmou que, num gesto de desespero, e, aos gritos, tentou segurar o atirador entrando na frente dele. Porém, foi derrubada com um empurrão e ameaçada. O assassino conseguiu fugir.

A mulher contou, também, aos policiais, que o criminoso usava uma peça de roupa para esconder o rosto.

Estiveram no local investigadores da DHC (Delegacia de Homicídios de Campinas) e do Plantão da 2ª Delegacia Seccional, além, de policiais militares e uma Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros, que constatou a morte da vítima.

O adolescente era natural de Campinas nascido dia 23 de abril de 2.004.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *