Integrante da “Gangue da Hilux” é preso porque sofreu um “esqueceram de mim” por parte dos seus comparsas enquanto mantinha empresário refém em escritório

Compartilhe

Horácio Domingues Júnior (foto), de 40 anos, foi preso pela Polícia Militar em Sumaré e reconhecido como autor do roubo de duas caminhonetes Toyota modelo Hilux num período de 24 horas nas cidades de Campinas e Sumaré.

Segundo a Polícia, ele faz parte da “Gangue da Hilux”, como está sendo chamado um grupo que tem feito roubos desse modelo de veículo na Região.

A prisão ocorreu porque Horácio foi “esquecido” pelos seus três comparsas que fugiram com a caminhonete Hilux 2018\19 roubada de um empresário de 34 anos de idade, no condomínio Vila Flora, localizado nas margens da Avenida da Amizade e perto do Hospital Estadual,  em Sumaré.

O plano da quadrilha:  manter o dono do veículo refém em seu próprio escritório para que a Polícia não fosse acionada e houvesse tempo de levar a caminhonete embora.

A atribuição de reter a vítima foi dada a Horácio. Mas seus comparsas “prometeram” voltar para buscá-lo, como ele mesmo contou, posteriormente, em depoimento aos policiais.

O integrante da quadrilha cumpriu seu papel e ficou duas horas com o empresário que ficou refém do criminoso em seu próprio escritório no condomínio. Porém, os comparsas não voltaram.

Um cunhado do empresário chegou no escritório e o assaltante escondeu-se no banheiro.

O dono do veículo aproveitou e telefonou para a Polícia Militar. Horácio ao perceber que estava abandonado pelos comparsas fugiu a pé do escritório.

O empresário e seu cunhado,  a bordo de um Honda Civic preto, passaram a seguir o assaltante e, ao mesmo tempo, por celular, passaram informações para a PM.

Horácio foi preso na rua José Mendes, no bairro Parque Jatobá, que fica 400 metros do condomínio. Ele carregava uma pistola semiautomática de calibre 380.

Segundo os policiais, Horácio confessou sua participação no roubo do veículo e em render a vítima. E, ainda conforme a Polícia, ele também teria confessado a participação do roubo de outra caminhonete Hilux, branca, 2019,  no Jardim Miryam, em Campinas. O veículo pertence a um gerente comercial , de 55 anos, que reconheceu, por fotos, Horácio, como autor do roubo.

As duas caminhonetes roubadas, porém, não foram localizadas.

Os comparsas de Horácio também não foram encontrados.  Segundo o integrante da gangue, que foi preso, todos são moradores em bairros do Distrito do Campo Grande, em Campinas.

A Polícia Civil iniciou investigações para localizar o destino das caminhonetes e apurar quantos veículos foram roubados pela quadrilha, além, de, tentar identificar os outros integrantes.

Horácio foi autuado em flagrante por roubo de veículo em Sumaré e indiciado pelo mesmo tipo de crime no 4o Distrito Policial de Capinas. Ele ficou preso.

Compartilhe