29 de fevereiro de 2020

Homem de 110 quilos, 1,85 de altura, mata duas mulheres com socos e chutes após overdose de cocaína

Compartilhe

Mateus Campos Noronha (foto), de 29 anos, matou com socos e chutes Alessandra Francisca de Paula Barbosa, de 41 anos, e Maria Sivoneide Oliveira Souza de Morais, 44, na noite desta quinta-feira, 13 de dezembro de 2018, em Artur Nogueira, cidade distante 59 quilômetros de Campinas.

As vítimas ainda foram atropeladas por um Fiesta prata, que pertencia a uma delas, usado pelo acusado para fugir do local dos crimes: a Rodovia dos Agricultores, no bairro Felipada, região rural do município no limite com Mogi Mirim( a 74 km de Campinas).

Ele foi preso e disse, em depoimento, que consumiu dose excessiva de cocaína e, em depoimento, alegou que sofreu um surto psicótico.

As duas mulheres eram técnicas em enfermagem e trabalhavam na Santa Casa de Mogi Mirim. Ambas moravam na cidade de Conchal (distante a 92 km de Campinas), onde, o autor dos crimes também reside.

Segundo a Polícia Civil, o rapaz contou que conhecia as duas mulheres que já trabalharam numa casa de recuperação de dependentes químicos onde ele ficou internado.

Na noite de quinta-feira, pediu uma carona para Mogi Mirim. Elas iam sempre juntas para o trabalho. O carro pertencia a Alessandra.

Ele teria obrigado a parar o carro e começou a agredi-las. Depois, as retirou e bateu mais. Foram chutes e socos principalmente na cabeça das vítimas. Mateus tem 1,85 de altura e pesa 110 quilos.

“No caminho ele disse que teve um surto e passou a espancar as mulheres. Disse também que o atropelamento não foi intencional. Que ao fazer uma manobra para sair do lugar em alta velocidade passou sobre as vítimas”, disse o delegado Fernando Fincatti Periolo, da Delegacia de Polícia Civil de Artur Nogueira.

O acusado foi encontrado por guardas municipais na mesma estrada, porém, no município de Mogi Mirim. Ele vestia apenas cueca e alegava ter sido vítima de um roubo.

O carro foi abandonado em um trecho da estrada junto com os pertences das vítimas.

Ao chegar na Delegacia de Artur Nogueira ele confessou os crimes ao encontrar-se com o pai. Mateus, nascido em Conchal no dia 15 de novembro de 1.989, é filho do delegado da Polícia Civil Benedito Antônio Noronha Júnior, que ocupa o cargo de Seccional do município de Casa Branca (distante a 147 km de Campinas).

O autor foi autuado em flagrante por homicídio qualificado e ficou preso. A foto do acusado, que aqui está publicada, foi feita e divulgada por Guardas Municipais de Mogi Mirim nas dependências da Delegacia de Artur Nogueira e reproduzida no site www.reporterbetoribeiro.com.br

As vítimas: Alessandra nasceu em São Paulo no dia 6 de janeiro de 1.977. Maria Sivoneide nasceu em Missão Velha, no Ceará, em 27 de fevereiro de 1.974.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *