29 de fevereiro de 2020

EXECUTADO COM 17 TIROS EM CAMPINAS O SOBRINHO DOS SEQUESTRADORES QUE ARRANCARAM PEDAÇO DE UMA DAS ORELHAS DO IRMÃO DOS CANTORES ZEZÉ DI CAMARGO E LUCIANO

Compartilhe

Alex de Lima, de 35 anos, foi assassinado na Rua Camaçã, no Parque Universitário de Viracopos, bairro do Distrito do Ouro Verde, em Campinas. O crime aconteceu por volta de 21h30 perto do número 41 quase na esquina com a Rua Anery e com a Avenida Aglaia.

Ele foi atingido por tiros de pistola semiautomática que provocaram 17 ferimentos na cabeça, peito, costas, penas e braços, segundo a polícia.

O autor dos disparos não foi identificado. Era um homem que teria fugido em uma moto, conforme as poucas informações que os policiais obtiveram no local – moradores não se manifestaram sobre o crime por conta da “lei do silêncio” (como é chamado o medo de algumas pessoas em dar informações).

Investigadores da DHC (Delegacia de Homicídios de Campinas) e do Plantão da 2ª Delegacia Seccional de Polícia Civil, além de policiais militares, estiveram no local. A execução ocorreu na sexta-feira 31 de janeiro de 2.020.

FAMÍLIA OLIVEIRA – Alex é da família Oliveira, por parte de sua mãe Ivanilde Alves de Oliveira Lima, a “Turu”, que já foi presa por tráfico de drogas em Campinas em 2003.

Os oito tios(Manoel, Maria Francisca, José Francisco, Moacir, Ademir, Osmar, Wilson e Joaquim) de Alex, por parte de mãe, se envolveram em sequestros, roubos a bancos e assassinatos conforme investigações da Polícia Civil e condenações da Justiça.

Eles formavam, nos anos 70, 80 e 90, a “Família Oliveira”, que ganhou notoriedade no País por sequestros.

Foram quatro tios de Alex que sequestraram em 1.998 o compositor Wellington de Camargo, irmão dos cantores Zezé Di Camargo e Luciano. Wellington ficou 94 dias em cativeiro e teve parte da orelha direita cortada e enviada á família por um dos tios de Alex.

A mãe de Alex chegou a ser acusada como participante das negociações desse sequestro, porém, foi absolvida.

Um dos primos de Alex é Ronaldo de Oliveira, que também fez sequestros. Ronaldo foi morto em 2001 ele foi morto em confronto com policiais civis de Campinas, quando mantinha seis reféns numa chácara na cidade de Socorro.

Compartilhe

One thought on “EXECUTADO COM 17 TIROS EM CAMPINAS O SOBRINHO DOS SEQUESTRADORES QUE ARRANCARAM PEDAÇO DE UMA DAS ORELHAS DO IRMÃO DOS CANTORES ZEZÉ DI CAMARGO E LUCIANO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *