7 de dezembro de 2019

BALA DE REVÓLVER QUEBRA VIDRO DE CAMINHONETE, ATRAVESSA CABEÇA DO MOTORISTA QUE MORREU E É ENCONTRADA EMBAIXO DO BANCO DE PASSAGEIRO

Compartilhe

Cézar Augusto Guadagnini, de 43 anos, foi assassinado com um tiro na cabeça quando estava em uma caminhonete Strada Fire, preta, estacionada perto de um bar no bairro Eldorado dos Carajás, que é vizinho do Parque Vista Alegre, no distrito do Ouro Verde, em Campinas.

A bala, de revólver de calibre 38, entrou pela nuca e saiu na testa da vítima, segundo constataram investigadores da Delegacia de Homicídios e do Plantão da 2ª Delegacia Seccional.

“O tiro veio de fora, tendo atravessado o vidro lateral do motorista e atingido fatalmente a vítima”, informaram peritos do Instituto de Criminalística à Polícia Civil.

O crime aconteceu perto de um bar na Rua Oziel Alves Pereira por volta das 3h deste dia 2 de dezembro de 2.019. Policiais não encontraram testemunhas. O estabelecimento estava fechado.

O projétil foi localizado pelos policiais embaixo do banco de passageiro. Portanto, por ter sido disparado à “queima roupa” (curta distância), quebrou o vidro, atravessou a cabeça de Cézar e caiu no assoalho do veículo.

A caminhonete, ano 2008\09, cujo documento está em nome de uma mulher, foi apreendida pela Polícia Civil para ser submetida a outras perícias.

Cézar era natural de Belém, Capital do Pará, onde nasceu em 21 de junho de 1.976. Ele morava em Campinas.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *