7 de dezembro de 2019

Americanense é assassinado em pensão de Campinas um ano após sair da cadeia

Compartilhe

Uma perfuração no olho esquerdo, ferimento grave provocado possivelmente por uma faca ou estilete grande, provocou a morte de Laércio Pereira da Silva, de 41 anos, no dia 13 deste mês de abril de 2019, em Campinas.

O crime aconteceu em uma pensão que fica na Rua Bernardino de Campos, 100, no Centro, a uma quadra da Avenida Dr. Andrade Neves.

Investigadores da Delegacia de Homicídios e policiais militares encontraram o corpo no corredor que dá acesso à cozinha e aos fundos da pensão. Ele foi morto por volta das 4h.

Entretanto, quatro hóspedes que estão em quartos cuja janela fica no corredor falaram à Polícia Civil que não ouviram nenhum barulho durante a madrugada.

A irmã mais velha de Laércio disse aos policiais que ouviu a namorada dele contar de um desentendimento. Um homem alto, desconhecido, teria discutido e feito ameaças à Laércio no corredor onde ele foi assassinado.

Laércio morava na pensão havia dois meses. Ele havia saído de uma penitenciária, por ordem da Justiça, em 16 de março de 2.018. Cumpriu pena por furto e por receptação.

Ele era natural de Americana, município da Região Metropolitana de Campinas, onde nasceu em 25 de abril de 1.977. Portanto, foi assassinado 12 dias antes de completar 42 anos.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *